domingo, 3 de março de 2019

É CARNAVAL, NINGUÉM LEVA A MAL!



Só há alegria no ar
No Dia de Carnaval
É festa cheia de cor
Um dia muito especial!









O Carnaval é divertido
Podemo-nos mascarar
Atirar confetis e serpentinas
E nas ruas desfilar! 

 




 







VISITA À SERRA DA LAPA



Vasco, sabes onde fui, no dia 22 de fevereiro? À Lapa!
Imagina, não fazia ideia! Por onde passaste?
Se queres saber, passei por Sátão, Tojal, Fontainhas…
Itinerário comprido! Passaste por mais locais?
Também passei por Ferreira de Aves, Qtas. de Sto. António, etc.
Ah! E o que viste? Se foi interessante, gostaria de saber.

—  Devo contar-te que vi a Nascente do Rio Vouga, um fiozinho de água!
Então também viste o monumento fálico e o Marco Deitado da  Universidade.

E como é que tu sabes isso? Nunca lá foste!
Sei tanto como tu, porque vi na internet.
Tu és muito esperto, mas já visitaste o 1º Santuário Mariano de Portugal?
Ulisses, claro que já, o nome dele é Santuário de N. Senhora da Lapa.
Dizes cada coisa, que já pareces o Einstein.
Olha, já agora, foste ver o museu do ex-voto, em Decermilo?

À Lapa, queres tu dizer! Não é? Lembras-te?

Lembrei-me agora! E o que é que viste no museu?
Algumas relíquias preciosas oferecidas pelos peregrinos, os ex-votos.
Pão, comeste? Sabias que o pão da Lapa é um dos melhores da região!
Amigo, esse não faltava… acompanhado de queijo cabreiro, é delicioso!!!


Martim Gaspar
Nº 15 / 4 º A



Nascente do rio Vouga

junto à nascente






Monumento Fálico
Pelourinho

Santuário Sra. da Lapa


domingo, 11 de novembro de 2018

BOMBEIRO, UM GRANDE AMIGO!




No passado dia 19 de outubro, os alunos da turma do 4ºA foram surpreendidos pela visita de um bombeiro, pai do Martim Gaspar, que foi convidado pela professora Emília, para falar sobre regras de Primeiros Socorros, Prevenção de Incêndios e Sismos. Foi muito interessante!
Aqui deixamos uma singela dedicatória.

Bombeiro, soldado da paz,
O baluarte da coragem.
Muito embora correndo riscos,
Busca, de forma destemida,
Entre chamas e destroços,
Inúmeros sinais de vida,
Réstias de esperança,
Onde parece perdida.
                                 Turma 4ºA
                                 Prof. Emília